Versace para Riachuelo: Por Quê, Jesus?!

Quero Ser Ela
11 de novembro de 2014
Fui de Paetê + Jeans
13 de novembro de 2014

Oi, gente! Pensando em comprar grandes estilistas em fast fashions? Mais especificamente: Versace para Riachuelo? Por quê, Jesus?

O Por Quê, Jesus? é uma categoria nova do Blog! Aqui eu vou me dar ao direito de expressar meu azedume em relação a algumas coisas do universo fashion! Sabe o clichê “prontofalei!”? É mais ou menos isso, só que apontando alguma alternativa que, no meu entendimento, seria mais adequada.

O tema hoje é essa mania de Fast Fashions com mega Maisons!

Eu explico!

Algumas marcas se utilizam destas parcerias para desovar estampas e modelagens e tirar um último caldo delas. Aquele maiô pelo qual você pagou R$500 há três verões, verão passado foi vendido, no mesmo modelo e na mesma estampa, por R$129 na C&A. E pior! A mesma modelagem foi usada em outras estampas e vendidas por amigos 49 royals na mesma rede.

Quem paga R$799 por um vestido deveria querer que ele fosse, ao menos, um pouco mais exclusivo do que as demais peças vendidas na mesma rede, não? Só que a área da C&A, quando a coleção Roberto Cavalli foi exposta, estava lotada dos tais vestidos de seda – até que bem acabados -, mas com estampas que, apesar de lindas, eram muito marcantes! Sorte de quem tem dinheiro para jogar fora (perdão pelo sincerão)! Imagina quantas lojas da rede tem no Brazzeel e quantos vestidos tem em cada loja! Pronto, você gastou 799 royals para usar a mesma roupa que 799 pessoas em 799 lugares. POR QUÊ, JESUS?

cavalli

grandes estilistas c&a

Quando eu pensei que a onda de mega maisons conhecidas pelo supertudo (estampa+decote+aplicações em metal dourado+animais de diversas formas) tinha passado, dando lugar a parcerias com estilistas que fazem coisas mais usáveis, me aparece a Riachuelo com a Donatella Versace. Pronto! Mais uma profusão de estampas carregadérrimas, daquelas que um cidadão que sofre de déficit de atenção não pode nem chegar perto sob pena de começar a chorar diante do excesso de informação visual.

O tema principal da coleção é o fundo do mar e foi originariamente desenvolvido por Gianni Versace em 1992. Gianni era um gênio. Donatella trouxe o tema de volta na coleção do verão 2012 da Maison e, agora a Riachuelo vai tirar um último caldo destas estampas!

Ok, podem começar o apedrejamento, mas eu acho muito desnecessário investir mais de 200 pilas em uma roupa que milhares de outras pessoas vão ter e que, de tão cheia de informação que é, vai ter vida curta no armário. Por que raios essa gente não cria por si mesmo? Olha a Renner: preço legal e moda autoral.

Mas, voltando à coleção bafo do momento, que a Donatella “gentilmente criou” para a Riachuelo (abafa os casos 92 e 2012): tem coisas que eu até acharia legais, não fosse o preço…

versace1

grandes estilistas Riachuelo

Eu amei o top cropped com a barra recortada em renda floral. Só que quando eu vejo o preço eu me pergunto: Por Quê, Jesus? R$ 189 por uma peça nada básica com a qual eu certamente vou encontrar quinhentas pessoas usando? Me perdeu… O vestido, então, nem comento… com esse valor dá para comprar coisas legais e não tão óbvias.

Agora vem a pior parte: a saia copeira!

versace2

grandes estilistas riachuelo saia

Céus! A estampa dá a impressão de gravidez até na magra e linda da Adriana Lima! Imagina em nós, reles mortais?

Eu até fui procurar a foto do lookbook porque pensei: Adriana Lima, baiana que é, pode ter se jogado num vatapá gigante no dia daquela foto – mas não! Todo mundo fica barrigudo com aquela saia. Eu não sei onde Donatella se inspirou! Chego a pensar que foi no avental das copeiras do seu luxuoso lar. Para dar um toque Versace à peça, a loira ornou a estampa com os elementos-tema da coleção, arrematando o pseudo-avental com uma concha bem na altura da pombinha. Toda essa atrocidade estética vendida pela bagatela de R$199! POR QUÊ, JESUS?

Ok, objetivo aqui não é apenas falar do que eu não gosto. É, também, sugerir alternativas.

As parcerias entre redes populares e estilistas famosos pode ser uma boa alternativa para quem gosta da ideia e topa pagar um pouco mais por acabamento. Foi o caso da coleção de Francisco Costa para C&A. Peças legais na tão respeitada modelagem da Calvin Klein. Tudo discreto, e daí a vantagem: dura no armário. Os preços foram um pouco mais amigos que os da coleção Roberto Cavalli, mas também não eram baratos!

franciscocosta

grandes estilistas C&A Francisco Costa

A luz no fim do túnel deste verão vem com a parceria Stella McCartney e C&A. A pré-venda rola na próxima segunda-feira, dia 17, e para ter acesso ao lançamento tem que se cadastrar no site e pegar uma senha. Eu vi algumas peças e gostei. Acho que podem funcionar bem para quem curte a estilista e o melhor: até onde dá para ver no site, os preços são legais.

stellamc3

grandes estilistas C&A Stella McCartney

Quem gosta de colecionar itens destas parcerias, por vezes absurdas e por outras nem tanto, vale investir em acessórios. Eles sempre trazem bastante do DNA do estilista e normalmente custam pouco.

Por fim, a foto da Donatella na passarela com seus bofes sarados encerrando o desfile pelo qual a Riachuelo pagou meio milhão de reais.

DONATELLA

Grandes estilistas Riachuelo desfile Donatella

Agora o negócio é vender o máximo de peças iguais e com estampas usadas e reutilizadas para recuperar este investimento! POR QUÊ, JESUS?

Beijos!

UPDATE SUPIMPA!

Sabe aquela vontade louca de soltar um EU NÃO DISSE?

Pois muito bem. Estou me controlando para não ceder a ela…

Ontem, dia 19 de janeiro, a Marcela Agra publicou no Administradores.com uma matéria sobre a queda vertiginosa dos preços da coleção Versace para Riachuelo. Lá estão expostas algumas das razões que eu citei aqui há pouco mais de dois meses.

Então volta a pergunta: POR QUÊ, JESUS?

Para ler a matéria na íntegra, clica na imagem.

Riachuelo_Versace_update

Boa reflexão para esta época de liquidações, né?

Beijos

Dani Conte
Dani Conte
Escreve sobre moda, beleza e tendências, mas também dá seus pitacos em outros assuntos. Revisa demonicamente todos os conteúdos do blog.

4 Comentários

  1. […] O mais legal desse tipo de parceria é que se você se identificar com os óculos e relógios de uma destas três mulheres fica fácil seguir o caminho em busca do seu estilo. Gostou do óculos criado pela Constanza? Observa todo o resto dela sempre, e quem sabe isso vai ajudar a nortear a sua "busca por si mesma"! Mas bom senso, afinal, parcerias de marcas com famosas tem sido super comum e só vale usá-las como medidor de autoconhecimento quando se tratar de gente que tem um estilo consolidado e isso não vale para aquelas parcerias entre grandes redes e estilistas famosos! […]

  2. Marina Dal Ponte disse:

    Choreeei de rir com esse post! Assino embaixo!!!

  3. It’s refreshing to read a good quality article for a change. You’ve made many interesting points and I agree. This has made me think and for that I thank you.

  4. JEJE disse:

    A VITRINE DA RIACHUELO É CHOCANTE!!!!!!!!!!!!!! super. cheguei. chegando. NO DOURADO DOS BOTÕES lendo Camões. kkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *