PARA DORMIR NO ESTILO NANA NENÉM

O Consome-Dor
4 de janeiro de 2015
Sonzinho: HAIM
7 de janeiro de 2015

Gente, uma das minhas metas para 2015 é qualidade de sono (qua-li-da-de, não necessariamente quantidade, porque a vida é curta!). Pensando nisso eu andei pesquisando alternativas para dormir no estilo nana neném e acordar com aquela pele descansada e as bochechinhas coradas! dormir_nananenem_audrey

A minha irmã é psiquiatra e sempre disse que a qualidade do sono está diretamente relacionada ao controle de estímulos visuais e mentais nas horas que o antecedem. E, pior: como se não bastasse ter uma noite de sono ruim, a produtividade e capacidade de concentração no dia seguinte ficam, comprovadamente, reduzidas em pessoas que não desgrudam dos gadgets antes de dormir.

Acontece que em tempos ultra-conectados, usar o smartphone deitado na cama e com as luzes apagadas é super comum – quem não curte aquela espiadela no Instagram antes de dormir que atire a primeira pedra!

Contornar o vício nos dispositivos móveis não é tarefa fácil, mas eu sou testemunha de que algumas condutas melhoram MUITO o sono. Escolher um livro ao invés do computador, música calminha ou clássica ao invés da televisão realmente ajudam. Outra dica é evitar beber água antes de dormir – para essa dica funcionar é importante beber bastante agua durante o dia todo. Mas e a disciplina para seguir essas práticas? Ainda mais para indivíduos como eu, que desato a escrever à noite – agora, por exemplo!

Para piorar , uma pesquisa revelou que a luz azul emitida pelos smartphones (e outros eletrônicos) suprime a produção de uma substância chamada melatonina, sem a qual o cérebro se confunde e fica achando que ainda é dia e que precisa ficar alerta — e lá se vai o sono de novo… e a concentração do dia seguinte também!

Ainda bem que tem gente procurando soluções! É o caso de um pobre cidadão que sofre daquelas insônias horrendas. O nome dele é Jason Freedman e o objetivo dele era se tornar uma “morning person” (pessoa diurna). Ele tentou seguir algumas recomendações médicas radicais, mas achou certas mudanças de hábito um tanto deprimentes (não acender nenhuma luz na casa após o pôr-do-sol era uma delas). Foi procurando alternativas que ele descobriu alguns produtos e programas capazes de ajudá-lo a diminuir os efeitos da tal malfadada luz azul emitida pelos eletrônicos. Um deles é o F.lux, um programa gratuito que adapta a luz do computador de acordo com a passagem do dia. Basta permitir que ele use a sua localização e a luz do computador vai mudando de acordo com o horário em que o sol nasce e se põe. O programa é mesmo esperto. Eu estou usando e amando. Desde que eu comecei a escrever este post até agora já se passou mais de uma hora e a luz mudou bastante. Se considerarmos do fim da tarde até agora, então, nem se fala!

Outro truque que o tal moço descobrou foi o aplicativo Sleep Cycle – um despertador que procura te acordar no momento em que o sono estiver mais leve (seguindo o horário programado, claro). Vou baixar e testar também, mas confesso que levo pouca fé em coisas que dependem da programação de quem não consegue desligar os devices… 🙂

Quem quer ir mais longe pode investir na decoração do quarto. Uma pesquisa revelou que pessoas que dormem em quartos em tons de azul dormem melhor. Em segundo lugar no ranking dos dorminhocos vieram os quartos amarelos e, em terceiro lugar, os verdes.

dormir_nananenem_quarto

Legal, né? Ainda não pintei o quarto, mas o tal programa de computador que regula a luz conforme a hora do dia super funciona… Tô morrendo de sono

Beijos e boa noite!

Dani Conte
Dani Conte
Escreve sobre moda, beleza e tendências, mas também dá seus pitacos em outros assuntos. Revisa demonicamente todos os conteúdos do blog.

1 Comentário

  1. Patty Zuco disse:

    Dani,
    Ja usei o Sleep Cycle… nao é grande coisa… o device tem que ficar muito proximo para funcionar, nao curti.
    O da luz da tela, vou aplicar já.
    super beijo, amei!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *