Outubro Rosa
4 de outubro de 2016
Chinelos x Slides
26 de outubro de 2016

Pode parecer clichê, mas a beleza vem, sim, de dentro e a ditadura da magreza vem dando espaço para mulheres grandes, gordas e… LINDAS! Plus lindas, na verdade!

Antes que eu seja atingida pela primeira pedra, já adianto que não pretendo ovacionar o sobrepeso, o desleixo, a fritura, o mergulho no chocolate e nem o descaso com a saúde. Não é nada disso! Eu apenas estou dizendo que mulheres que vestem 46 podem ser lindas e desejadas como as de manequim 38. Eu não estou inventando isso e nem sou a primeira a tocar no assunto. Vou além e assumo: estou atrasada para abordar este tema aqui no Coisas de Danny Hellen.

Já tem tempo que o mundo abriu os olhos para o banho de sensualidade que as modelos plus size vem dando, mas eu só senti necessidade de falar nisso agora porque, misteriosamente (olha o inconsciente coletivo aí gente!), o assunto anda recorrente no meu cotidiano.

elle

Rebel Wilson para Elle UK e Ju Romano para Elle Brasil – MAIO 2015

Semana passada eu estive em um evento da Yang Modeladores. Eles apresentaram lindamente a coleção de moda fitness e praia modeladora. Sim, gente, PRAIA MODELADORA! Existem maiôs que por fora são maiôs e por dentro modeladores. E são lindos. E vestem bem! E eu quero um!

A realidade da marca é bastante diferente da maioria das confecções. Se a roupa é modeladora e o público veste tamanhos maiores, há que se desenvolver uma grade muito mais variada. O 46 não é apenas 46! Para que a roupa ou lingerie efetivamente cumpra seu papel de modelar o corpo ela precisa estar certinha – e nós sabemos que nenhuma mulher é igual à outra! Assim, o 46 em uma confecção de modeladores se desdobra em vários tamanhos de busto, quadril, altura de alça, medida de cintura… É um universo novo e interessantíssimo, e que está em expansão.

yang

A busca pela beleza padrão está fora de moda já faz tempo. Há espaço para todas as estéticas e as mulheres estão se aceitando cada vez mais. Isso tem efeito na economia – confecções de tamanhos grandes estão ganhando espaço e as que sempre foram conhecidas por vestirem gurias novinhas se mostram preocupadas em mostrar que também contemplam aquela mulher que não veste 36 ou 38, mas que também curte um shortinho ou um vestido colorido.

E é impossível falar em plus size sem citar Ashley Graham, modelo norte-americana que é sucesso absoluto (ela tem uma linha de lingerie) e Addition Elle, loja canadense especializada em plus size. Nem vou explicar muito. O desfile fala por si…

Show de autoestima, né? Uma aula, ao meu ver.

E para lacrar – e mostrar que eu não estou mentindo quando digo que é hora de aceitar todos os shapes -, a Playboy decidiu fazer um ensaio com uma mulher gorda. E, vamos combinar, o objetivo da Playboy nunca foi e jamais será vender pouco. Portanto, minha gente, já está mais do que claro que padronizar beleza é muito last season. O pessoal do Hypeness contou direitinho a história toda! E quer saber quem é a plus linda da Playboy? Pois bem, meus amores, é a Ju Romano, a mesma plus linda da capa da Elle Brasil que está lá no comecinho do post!

Plus beijos para vocês!

 

Dani Conte
Dani Conte
Escreve sobre moda, beleza e tendências, mas também dá seus pitacos em outros assuntos. Revisa demonicamente todos os conteúdos do blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *