O BRONZE E O BRONZE SEM SOL

Paralela Serra Fashion
14 de outubro de 2015
PIMENTÕES RECHEADOS PARA JANTARES DE VERÃO
27 de outubro de 2015

Nunca antes na história das nossas vidas foi tão necessário dar um jeito de arranjar um bronze sem sol – sim, porque o sol que é bom nós nunca mais vimos!

O horário de verão está aí, a gente sofre para acordar, passa sono, se arrasta o dia todo até o relógio “biológico” se ligar no novo horário e não vemos nem um restinho daquela luz linda do pôr do sol para nos alegrar.

Mas “não tá morto quem peleia”, já diz aquela música tradicionalista, e a gente não vai se entregar!

Daqui a uma semana tem feriado e muita gente está programando viagens. Quem vai sair do Rio Grande do Sul pode ter a sorte de encontrar o sol (se encontrarem, tirem foto!) e daí certamente vai rolar aquela pernoca de fora. É exatamente por este motivo que eu estou colocando este post no ar HOJE, que é para dar tempo de fazer toda a preparação necessária para expor uma cor que disfarce o tom “verde limo” da pele dos gaúchos!

Expor a pele ao sol (onde há sol) é coisa para poucos. Eu, por exemplo, fico com a pele literalmente machucada com a exposição solar excessiva, mesmo lançando mão de bloqueadores solares. Além disso, preciso confessar que tenho achado muito cafona aquele bronzeado exagerado. Existe um limite de idade para ficar bonita estando suuuuuper bronzeada. Lá pelas tantas da vida a pessoa super bronzeada pode achar que está passando por Gisele Bundchen quando na verdade está pagando de Donatella Versace.

Ok, talvez essa minha forma de pensar seja recalque de quem nunca alcançará aquele mega bronzeado, mas o fato é que acho feio. Fim!

É por isso que já faz um tempão que eu adotei os cosméticos autobronzeadores e, testando aqui e ali, encontrei uma fórmula com a qual me adapto bem e que tem um custo-benefício excelente! Misturo o autobronzeador da marca Panvel a um hidratante levinho. O resultado é ótimo! Como o autobronzeador está diluído no creme hidratante, o poder de escurecer a pele fica reduzido. Vantagem: não mancha. Desvantagem: tem que aplicar mais vezes. No auge do verão eu coloco duas partes de hidratante normal e uma parte de autobronzeador e uso em dias intercalados. E fico com cara de férias eternas em Trancoso! Um bronze moderado e douradinho.

Hoje temos por aqui um produto que virou o querido das celebs e que tem rendido ótimos comentários. É o Best Bronze. Já adianto que nunca usei, mas pelo que tenho lido o produto é mesmo muito bom – sem falar que tem uma linha enorme de produtinhos complementares a ele.

Outra dica bacana é investir naqueles produtos que maquiam a pele. Eu uso um que também é da Panvel e que tem ótima fixação. Já dormi em lençol branco com ele depois de pular as 7 ondas no réveillon e acordei jurando que o lençol estaria da cor de um pano de chão de gafieira… Mas, para minha surpresa, ele estava limpinho! O produto só saiu com água e sabonete, no banho mesmo.

Mesmo sem usar produtos que mudam a cor da pele, dá para arranjar aquele “oi” com hidratantes iluminadores ou óleos com o mesmo efeito. Gosto do hidratante iluminador de O Boticário e do óleo iluminador Lolita do Empório Body Store.

Aqui tem uma imagem com alguns dos meus produtinhos e com o famoso do momento (que eu, registre-se, ainda não testei!).

sol

Beijos!

 

 

Dani Conte
Dani Conte
Escreve sobre moda, beleza e tendências, mas também dá seus pitacos em outros assuntos. Revisa demonicamente todos os conteúdos do blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *