SEIS (+1) DICAS PARA ROUPAS BRANCAS COMO A NEVE

TORRES ME TEM!
19 de dezembro de 2018

Oi, gente!

Quem aí ama branco? Mas eu falo de branco braaanco, tipo branco como a neve mesmo…

Eu amo! E já fui até motivo de comentários engraçadinhos envolvendo odontologia e  Umbanda por conta desse meu amor. Eita povo criativo! Hehe…

No último domingo, durante a premiação do Critics’ Choice Awards 2019, eu percebi várias celebridades do meu time. Sério! todas lindas! No Golden Globe Awards, uma semana antes, não foi diferente. Os looks totalmente brancos ou com boas doses dele marcaram presença, vejam só a galeria…

 

Trazendo para a nossa realidade de pessoa comum, que não devolve o look para a marca e precisa evitar que o tecido amarele, como lidar? E será que as dicas que valem para tecidos sofisticados também valem para peças básicas ?

Pois essa foi a pergunta que a Gabi, uma seguidora amada (amada #realoficial!) fez. Eu, então, lembrei dos cuidados que eu adoto, pesquisei sobre o tema e montei uma lista de dicas.

Registre-se, inclusive, que eu sou perfeccionista e fui averiguar com quem entende de tecidos a veracidade da minha lista. Mandei um WhatsApp para a Ale Guerra, que é representante têxtil e entende tudo de tecidos, e ela não só deu um confere na minha lista como revelou truques MARAVILHOSOS – como ela!

Pois bem, vamos lá!

1- GUARDE LIMPA E SECA

As manchas nem sempre aparecem imediatamente. Uma mancha de desodorante, por exemplo, vai aparecer um tempo depois do contato do produto com o tecido. Além disso, a gente sua e, por mais limpinhos que sejamos, a nossa pele tem uma oleosidade natural que vai sujando as roupas. Nos tecidos brancos isso aparece mais. Assim, é importante lavar as roupas brancas e garantir que estejam bem sequinhas antes de guardar. É evidente que essa regra se aplica a roupas que ficam em contato com a pele, um blazer, casaco ou até uma calça mais solta ou de alfaiataria não precisam ser lavados a cada uso.

2- COLOQUE PARA SECAR NA SOMBRA

Nenhum tecido gosta de sol, e a roupa branca não é diferente. Se a gente usa persiana  para não manchar móveis nem desbotar sofá, usa forro com filtro solar em cortina branca para não amarelar, por quê razão nesta Terra estendemos as “brusinhas” no sol???

As fibras brancas podem ficar queimadas se forem expostas demais à luz e ao calor do sol. Assim, a melhor forma de secá-las é na sombra, em local arejado.

3- EVITE FERRO DE PASSAR OU SECADORA DE ROUPAS MUITO QUENTES

Mais uma vez a proteção das fibras contra o calor excessivo é a solução. Para usar a secadora, escolha temperaturas não tão altas. Na hora de passar, evite temperaturas muito altas use um lenço de algodão fininho entre o ferro e a roupa branca delicada. Esses cuidados ajudam a preservar os tecidos!

4- MANTENHA AS ROUPAS AREJADAS

Sempre mantenha as roupas arejadas, especialmente as brancas! Se o seu armário não ajuda nessa tarefa, compre uma arara e pendure as roupas nela de tempo em tempo por algumas boas horinhas. O mofo gera manchas irreversíveis.

5- USE CAPAS DE TNT SEMPRE QUE POSSÍVEL

Sabe tnt? Pois é, aquelas capas e organizadores deste material são ótimos aliados na hora de arrumar o guarda-roupa e separar as roupas brancas das de outras cores. Permitem que o tecido respire, são leves e não ocupam espaço.

6- CUIDADOS AO LAVAR

Na hora de lavar suas branquelas, o ideal é usar sabão neutro e evitar atritos excessivos.

Meu conselho, para uso geral, é lavar à mão com sabão de côco em barra e esfregar carinhosamente as áreas que entram em atrito com a pele (golas, colarinhos, punhos, costuras de ombro, axilas…) e em eventuais manchas, claro! Daí, ao mergulhar a roupa de volta no balde, a espuma que se formou nas áreas esfregadas se espalha na água, e com algumas mergulhadinhas mais animadas da peça no balde, as áreas não esfregadas também ficarão limpinhas.

Sabão de côco é vida, gente! Eu, inclusive, removi recentemente uma mancha de manga (a fruta, óbvio!) de um shorts jeans branquíssimo com sabão de côco.

A Ale Guerra falou que é para usar pouca quantidade de sabão e, segundo ela, “o de côco é sempre ótimo”!

Falando nela…

7- DICAS DE OURO DA ALE GUERRA

– Cuidado com os alvejantes sem cloro! Eles podem amarelar os tecidos brancos.

– Ao guardar uma peça que ficará algum tempo sem ser usada, o ideal é embrulhá-la em papel de seda azul clarinho. Isso evita que ela fique amarelada.

Bom, com todas essas dicas as nossas roupas vão ficar brancas como a neve por muito, mas muuuuito tempo!

Beijos!

 

A imagem de capa/destaque deste post apareceu na Edição de Março de 2015 da revista Elle norte-americana. 

Trata-se de uma coleção especial criada por Pierpaolo Piccioli e Maria Grazia Chiuri (na época diretores criativos da Valentino) para celebrar a nova loja da marca na 5ª Avenida. O desfile aconteceu no Whitney Museum of Art, e foi uma homenagem à icônica “Coleção Branca”, assinada por Valentino Garavani em 1968 – da qual Jacqueline Kennedy escolheu o vestido usado em seu casamento com Aristotle Onassis.

Na ocasião o próprio Valentino afirmou, nos bastidores: Branco: se você fizer algo errado, se não estiver perfeitamente feito, vira um desastre!”.

 

 

Dani Conte
Dani Conte
Escreve sobre moda, beleza e tendências, mas também dá seus pitacos em outros assuntos. Revisa demonicamente todos os conteúdos do blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *